TRAVESTIS E TRANSEXUAIS DOMINAM O SISTEMA SUS COM AUTORIZAÇÃO DO MINISTRO GILMAR MENDES

Atualizado: Ago 28

Owlá pessoas lindasssss!


E esse baphoooo de noticia que rolou no dia 28 de junho de 2021, lembrando neah... que dia 28 de junho é o dia do ORGULHO LGBTQIAP+ huhuhuh


Gente, talvez você que é pessoa cisgênera


PAUSA DRAMÁTICA: (CIS ou cisgênera - se identifica com o sexo biológico e gênero social igual ao biológico ou seja o oposto de pessoa trans ou se ainda não entendeu pessoas com nasceram com vulva/vagina e se identificam com o gênero feminino e pessoas que nasceram com pênis que se identificam com o gênero masculino. Tendeu?)


continuando, talvez você nunca tenha parado para pensar nisso mas as pessoas transgêneras sofrem super quando precisam ir ao atendimento médico seja no SUS, seja no particular. O nosso sistema de saúde é desatualizado e super excludente com a galera LGBTQIAP+. PODE SER ATÉ QUE VOCÊ NEM SE INTERESSE e pense: pra que essa frescuras?!


pois então.. não é frescura. É necessário!


Precisamos de um sistema de saúde humanizado, acolhedor e inclusivo. As campanhas de saúde geralmente so incluem pessoas trans e travestis, em campanhas contra HIV/Aids e as exclui de todo resto. Tu ja percebeu?


















E as campanhas relacionadas a prostata, mamas, útero acabam não incluindo. O que dificulta o acesso a saude sexual, reprodutiva, fica escasso os dados relacionados a população e adoecimento, enfim... E quando o sistema de saúde não tem atendimento e profissionais humanizados, ai lascou.





Ah! E o mais bacana é que as pessoas trans que querem gestar, terão seu gênero e corpo respeitado nos registros, laudos e todos os instrumentos e documentos SUS. Vivi pra ver esse diaaaaaaaaaaaaa. Gente que feliz!


Para quem não faz questão nenhuma de acolher a galera transgênero, que tem o preconceito enraizado e acha que esse público vai tirar a vez de algum ou aalgo do tipo.... relaxa ta? O SUS É PARA TODAS E TODOS NÓS. Mas antes de ir compartilhando fakenews, mesmo que você não aceite a galera, pelo amor da santa não propaga o ódio. Deixa cada pessoa viver a sua maneira.


Bom vamos lá a decisão do Ministro Gilmar Mendes:

fonte: http://portal.stf.jus.br/noticias/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=468417&ori=1


íntegra da decisão: http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticiaNoticiaStf/anexo/ADPF787.pdf



"O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu liminar para determinar que o Ministério da Saúde altere, em 30 dias, os sistemas de informação do Sistema Único de Saúde (SUS) para garantir que as marcações de consultas e de exames de todas as especialidades médicas sejam realizadas independentemente do registro do sexo biológico da pessoa registrada. “É necessário garantir aos homens e às mulheres trans acesso igualitário a todas as ações e programas de saúde do SUS, especialmente os relacionados à saúde sexual e reprodutiva”, afirmou.


Aparato biológico

De acordo com Gilmar Mendes, o SUS deve garantir o agendamento de consultas nas especialidades de ginecologia, obstetrícia e urologia, independentemente da identidade de gênero da pessoa atendida. “O atendimento tem por objetivo o bem-estar físico, mental e social desse grupo plural, bem como prevenir e tratar enfermidades”, afirmou.


Autodeclaração de gênero

De acordo com a decisão, os sistemas de informação do SUS (Sistema de Informações Hospitalares, de Informações Ambulatoriais, de Informações em Saúde da Atenção Básica e de Gerenciamento da Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM) têm 30 dias para que sejam devidamente adaptados e atualizados, a fim de garantir o acesso a tratamentos médicos com base na autodeclaração de gênero dos pacientes.

Ainda segundo o ministro, a Secretaria de Vigilância da Saúde (SVS-MS)deve, no mesmo prazo, alterar o layout da Declaração de Nascido Vivo (DNV), para que faça constar a categoria “parturiente”, independentemente dos nomes dos genitores e de acordo com sua identidade de gênero. Prazo e determinações semelhantes deverão ser observados pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde, sob orientação do Ministério da Saúde. Segundo o ministro, isso possibilitará, ao mesmo tempo, o recolhimento de dados para a formulação de políticas públicas pertinentes e o respeito à autodeclaração de gênero dos ascendentes."




*bandeira trans



Então é isso pessoas lindas! Quero que você coração durinho e ainda carregado de preconceitos que não se incomode, não atrapalhe as politicas públicas e sim procure entender e respeitar a maneira de ser, existir e resistir das pessoas que são diferentes de você.


Bora construir uma sociedade mais tranquila?


Abraços e até mais!


Conheçam e apoiem minha outras redes sociais e bora compartilhar Educação Sexual



youtube

https://www.youtube.com/channel/UCEUorOZKPFZSiYNT-0Zvnyw


instagram

https://www.instagram.com/milkafreitas/


Podcast

https://open.spotify.com/show/4c678xNomdajmH8DzKOH2A?si=aunAYYpbTxGMJ5L64-xSGQ


Tiktok https://vm.tiktok.com/ZMe6FPtnB/


































































8 visualizações0 comentário