Um romance do Tinder: a primeira vez e toda segurança com prazer!



Lisa e Matheus se conheceram no tinder, depois de cerca de dois meses

conversando pelo aplicativo e alguns encontros em lugares públicos, aconteceu

o primeiro encontro íntimo num motel, onde ambos se encontraram depois de

decidirem que aquela seria a primeira vez com sexo para os dois.

Lisa sempre que tocava no assunto tinha prioridade pela segurança, afinal nem

sempre é colocado em conversas que devemos prezar em primeiro lugar pela

nossa saúde, evitar gravidez indesejada e claro ter o desprazer posteriormente

a uma noite de sexo sem os devidos cuidados.

Matheus, é apreciador de vinhos e escolheu um cabernet chileno e já levou ele

previamente refrigerado. Ao chegarem se serviram com esse vinho e após

alguns beijos, conversas aleatórias, olhares sedutores, lábios levemente

mordidos, corações acelerados e algumas taças de vinho, ele disse que sentia

uma tensão. Ela pensou não entender e imaginou que era tesão. Se beijaram

loucamente e ela perguntou: - tesão? Ele respondeu: - não, tensão! Estou

sentindo uma intensidade enorme de te dar prazer.

Começaram a beijar loucamente, mordidas na orelhas e abraços mais

apertados.


Ao se despirem Matheus apreciou os seios de Lisa ao tirar sua lingerie

superior, colocou na boca e acariciou com a língua, mamava com carinho e a

essa altura Lisa já estava com sua buceta latejando e sentia-se molhada, ela

gemia de tesão. Ela começou tirar a calça dele e ao abaixar, sua rola estava

rígida e saltou da cueca, ela também apreciou com o olhar seu membro e

começou acariciar com as mãos.


Matheus pediu no ouvido que ela chupasse, Lisa que já tinha em mente que ele

desejaria isso, colocou nele um preservativo de menta. E desceu até a rola,

que parecia muito gostosa e ela já queria apreciar o sabor de menta e começou

chupar devagar. Ele sentiu um arrepio quando ela encostou sua língua e deu

um leve gemido de prazer. Começou segurar seu cabelo e fazer movimentos

de vai e vem lentamente, ele queria apreciar aquela chupada, olhava para a

cena e via que ela realmente parecia apreciar seu pau e tinha um semblante de

contentamento com o sabor. Ela ao mesmo tempo em que chupava segurava

seus ovos e acariciava, bem como toda aquela região com a mão. Ele

apreciava e pensou por um instante que nenhuma mulher tinha acariciado ele

naquela região e que aquela sensação era muito gostosa, afinal são zonas

erógenas do corpo masculino e pouco acariciada.

Matheus se voltou para Lisa e perguntou no seu ouvido se ela queria ser

chupada, ela disse que não, para iniciar queria ser dedada e deitou-se de

frente para ele. Ele puxou sua calcinha e apreciou sua vagina, era peluda, uma

buceta adulta e muito linda, Lisa levou sua mão até ela e pediu que apreciasse

cada detalhe dela com os dedos, ela tocou no meio e sentiu calor e umidade no

centro, olhou e apreciou bem como nunca apreciou antes nenhuma vulva,

deslizou o dedo para dentro e para fora. Lisa pediu que fizesse um movimento

que deslizasse seu dedo por toda a buceta: lábios internos e externos. O dedo

áspero e ao mesmo tempo com um toque leve faziam com Lisa sentisse suas


entranhas latejarem ainda mais e ela não conseguia ficar parada, até os pelos

tocados davam prazer, Lisa desde já elevava seu corpo lentamente em vai e

vem com movimentos de encontro aquele dedo, enquanto Matheus adorava

apreciar aquela cena e tocar sua buceta como nunca havia tocado uma antes.

Após essas caricias preliminares Matheus não aguentava com o pau tão rígido

e cheio de tesão, ele então colocou novamente um preservativo, penetrou Lisa

e os dois gemeram com o encontro dos dois órgãos genitais pela primeira vez,

bem como com o encontro dos dois corpos nus e quentes ardentes de desejo.

Depois de alguns minutos de muito vai e vem, beijos ardentes - Lisa disse no

seu ouvido: - gosto de ser submissa, peça e eu te darei. Matheus disse: - te

quero de quatro. Lisa subiu e ele continuou penetrando ela por trás, dessa vez

puxando levemente seus cabelos e apertando sua raba, o tesão era intenso e

ambos apreciavam muito aquele momento, estavam instintivamente

conectados um dentro do outro. Matheus em alguns momentos parava o

movimento vai e vem apertava Lisa contra ele com a finalidade de ter mais

intensidade naquela penetração e era muito apreciada pelos dois, além de ser

submissa, ela já havia contado para ele que gosta de soltar seus instintos no

sexo como os bichos.

Lisa agora subiu em cima dele, pediu que ele pegasse seus seios e assim ele

fez, ela sentiu seu corpo estremecer e os dois se abraçaram intensamente, sua

buceta contraiu o pau de Matheus e ela deu um grito de muito contentamento e

disse que estava gozando, a penetração acontecia e enquanto ela cavalgava

em cima dele, ele também gozou e apertaram-se um contra o outro beijando

loucamente na primeira foda daquela noite com muito tesão intenso e

segurança.

96 visualizações0 comentário